Weby shortcut
topo em gif

Desenvolvimento in vitro de blastocistos de coelha. Avaliação de dois meios de cultura

Desenvolvimento “in vitro” de blastocistos de coelha. Avaliação de dois meios de cultura

Approbato, M. S.; Matheus, M.; Sala, M. A.
Ciência e Cultura 38:1241-1244, 1986.

Introdução

O objetivo deste estudo, comparar o desenvolvimento “in vitro” de blastocistos de coelha de 6 dias cultivados em meio de HAM F10 e BSM II por 6, 9 e 12h.

Material e Métodos

Utilizou-se 19 coelhas da raça Nova Zelândia, com idade entre 4 e 6 meses, cada fêmea foi cruzada com 2 machos férteis, considerado este momento como a hora “zero”. Os animais foram sacrificados 6 dias após o coito por embolia gasosa e os úteros e trompas retirados por laparotomia. Os blastocistos foram obtidos por perfusão das trompas com meio de cultura a 37,5 oC em câmara asséptica. O número total de blastocistos foi 114, 54 dos quais foram cultivados em meio HAM F10 e 60 no meio BSM II, por períodos de 6, 9 e 12 horas em ambiente de ar (95%) e CO2 (5%). O pH dos meios de cultura foi mantido em 7,3 por borbulhamento da mistura gasosa. O meio de HAM F10 foi suplementado com 5% de soro de coelha, penicilina (75 mg/l) e estreptomicina (250 mg/l). O meio de BSM II foi suplementado com 2250 mg/l de glicose, 20 % de soro de coelha, penicilina 75 mg/l e estreptomicina (250 mg/l). Após o período de cultivo os blastocistos foram fixados em metanol absoluto por 48 h, preparados conforme a técnica descrita por Moog & Lutwak Mann. O desenvolvimento dos embriões foi avaliado pelo diâmetro (grade adaptada à ocular de microscópio estereoscópico) e índice mitótico da região abembrionária. A análise estatística foi ANOVA com 2 fontes de variação: meio e tempo de cultivo.

Resultados (SUMÁRIO)

Tabela 1
Diâmetro dos blastocistos (mm) em função do tempo, em 2 meios cultura.
Approbato, USP-FMRP, 1986.
  Duração do cultivo (h)
Meio Cultura 0 6 9 12
BSM II 3,0 3,4 4,0 4,1
HAM F10 3,0 3,3 4,1 3,8
F = 0,771 p = n.s.

 

Tabela 2
Índice mitótico (%) no pólo abembrionário dos blastocistos cultivados em 2 meios cultura em função do tempo de cultivo.
Approbato, USP-FMRP, 1986.
  Duração do cultivo (h)
Meio Cultura 0 6 9 12
BSM II 4,2 3,2 2,3 1,8
HAM F10 4,2 3,9 2,4 2,1
F = 3,86 p = n.s.

Conclusões (SUMÁRIO)

Não se encontrou diferença significativa nos diâmetros e no índice mitótico. Entretanto houve diferença no número de blastocistos desenvolvidos no tempo de 9 h (p < 0,01) e 12 h (p< 0,001), a favor do meio MSM II.

Listar Todas Voltar